Menino Doçura

As Marcianas

Compositor: Helio Alves

Menino, menino doçura
Mistura sua ternura com o meu calor
Menino, não vê que o quero,
Te amo e venero sou moça sincera carente de amor.
Quero ser tapete da beira da cama
Provar a você sou mulher que ama perfume de flor.

Eu quero ser o seu chinelo pra aquecer seus pés
Eu quero ser sua professora e dar-te nota dez
Eu quero ser a sua fronha, coberta colchão
Eu quero ser a sua amante pra enfeitiçar seu coração.

Menino se você soubesse o quanto padece
Mas na hora esquece o meu coração
Menino não me compreende
Você me acende,
Me troca e me vende por qualquer tostão.
Quero ser a taça onde tomas vinho
Beijar sua boca bem devagarinho
Com suas caricias me arrasto no chão.

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital